A pesquisa

O projeto de pesquisa Detecção Precoce de Psicopatologias Graves surgiu a partir da prática clínica desenvolvida desde 1987 no serviço oferecido pela Clínica Psicológica Ana Maria Poppovic (PUC-SP) – o Projeto Espaço-Palavra, coordenado pela Profa. Dra. Silvana Rabello, onde são atendidos crianças, adolescentes e adultos em funcionamento psicopatológico agravado ou cronificado, excluídos dos espaços sociasi e tidos enquanto autistas ou psicóticos.

Esses profissionais identificaram que as famílias dessas crianças chegavam ao serviço após um longo período de busca por uma resposta diagnóstica e um tratamento efetivo. Inspirados pelos trabalhos da psicanalista Marie-Christine Laznik se propuseram a refletir a respeito das possibilidades de se detectar precocemente sinais de sofrimento na dupla mãe-bebê pelo risco de se cronificarem sob a forma de psicopatologias e realizar a devida intervenção precoce. Dessa forma iniciou-se um trabalho de pesquisa em psicanálise, em que primeiramente, tiveram lugar estudos horizontais acerca dos sinais de risco de psicopatologias graves. Nesse estudo fazia-se um único encontro com um número maior de duplas mães-bebês, formato que acabou por sofrer deslocamentos no sentido de uma pesquisa, atualmente, longitudinal destes sinais que busca um acompanhamento a longo prazo de algumas duplas, exatamente na tentativa de propiciar um estudo mais detalhado de alguns elementos que surgiram na pesquisa horizontal. Como desdobramento do caminho percorrido até então, foi imprescindível a entrada da pesquisa em outras instituições que se ocupam da primeira infância, de modo que atualmente compõe a mesma estudos em um Hospital Maternidade, em um Centro de Educação Infantil e em quatro tradicionais Centros de Atenção Psicossociais infantis do município de São Paulo. Diante de tais atuações, notou-se a importância da escuta oferecida às instituições no sentido de detectar as potências institucionais inexploradas no que diz respeito à promoção de saúde mental.

Esta pesquisa busca unir esforços ao outros pesquisadores no intuito de construir conhecimentos que orientem a identificação preococe de sofrimento psíquico em duplas mãe-bebê, nas instituições que as acolhem, para evitar o agravamento e cronificação deste sofrimento na forma de psicopatologias graves.

Anúncios

Uma resposta para “A pesquisa

  1. elsa

    Parabens Silvana e equipe pelo trabalho muito importante! entrarei em contato para mais conversas! bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s